m_hare_jamie_mina
 
As ervas a estalar com o sol logo que o sol decide por-se a estalar tudo que têm superfície, tudo que mexe, tudo que respira e transpira e faz som. As pedrinhas do caminho suam, o vento do sul é só suor e os pássaros já meio assados vão aos puñaditos espalhando mexericos.
 
O VP já está conectado, o bicho-pau pos-se em fuga, as moscas abastecem sem pudor, a casa contorce-se e faz “clacks” na juntura dos ossos.
 
– – – – – – – –  Mas que pouca vergonha, que excesso de confiança; tou sentado a escrever estas palavras e o raio do ratinho a passear-se… a dançar no meio da cozinha o filho de puta!!!! Dou um berro e o gajo sai a correr, je je je ratinho fofinho =) – – – – – – – – 

Tou cheio de pequeno almoço e já estive a ver os bambu, os bambus – la puta opepé no sound system, oh yeah – juntei magnesio a mouringa a canela ao gengibre as ervinhas chinessas que são supostas libertar-me o coração… Isto é capaz de rebentar com tanto pozinho, vamos ver se faz cores.

O VP suspira e rebufa fortemente, eu nunca sei se é assim por se esforçar muito (ejem), por não estar a esforçar-se quase nada, porque está apaixonado – que sempre está o raio do homem – ou simplesmente porque reteve dentro ar demais.

 
Si te ting de zing rollo chachi wafli, diganle que boi que boi, en contemplando el bodi benga muebe el pié y si te pone y si respón de donde el espacio guapo que pon de ponte posturitas y bailongo hongo se enrrollamazo con el men de menda, y si te hace ting el bodi, de zing decín que rollo chachi wafli dale marcha benga peña, vamo al frululú, que boi diganle que boi que boi

Tradução = {voz de professor universitário cronicamente deprimido}
O contorno do conforto no espaço não é físico mas antes um conforto no sentido de pertença, de sentir o espaço, de sentir(mo-nos) pelo espaço, no agora… que não precissa da nossa ajuda, dos nossos conselhos, que se desenvencilha (palavra apoplética) sozinho. Sozinho connosco…
{professor virou luz quentinha, tipo mijo}

 

Long time ago, my brother and I made 4 bracelets purely out of the airbag’s tubes and joints of a suicidal car. One for each us, one for mom and one for Leo. I used mine, this one (named BMW crash) for years… till today

pulse
 
 
Já o ontem fica tão longe, va de cuatripei; e assim a mosquiteira to tiesa amontoa 4.0. To-do list

      • sunshine de sorriso feminino
      • comida bio pra os mosquitos, nhef!
      • gasóleo de pele quente
      • imperiais em calda
      • experimentação atribulada * cool

 
 
Apanhar amoras significa picar-me mil vezes ou lo que es lo mismito, acupuntura natural gratuita, um freebie que diria o Keith.
 
ACHTUNG!!! Machete afilado com carácter imprevisível. Como não vai apreciar um gajo o sabor das amoras silvestres quando volta a sombra com uma taça cheia de olhos arácnidos, púrpuras e brilhantes arrancados do coração de uma silva milenária (ay migacho que no ha salío el gitano mentiroogosso essste) e com os dedos todos!!! Presentemente no transporte de 72000 gramas de corpo emprestado.

Meu querido VP anda p’ra aqui as voltas a tentar construir uma mandala-proxy-atómico com os restos dum chuveiro benzabá, va va va  XD  tu consegues

Agora tamos no lago, a nadar, sim sim, tá a rãzinha Frululú a escrever isto na beirinha em quanto a gente anda as voltas…

 
 
Mais um shoping lift, digo list

• Trocidar mãos, silvas, pestanas, pele, ar navegador, raices em requeijão e montes de guerreiros

• Ex pi li ca protestão, o ponto ao fim da linha, uns três ou quatro

• Guru em pó, óxidos confirmados, verduras gouveia e analfabetismo digital (sem glutem)

• Coelhos angolanos, piropo válido, tessão no algodão, pensar não, as rusas já não são rusas

• Fendas no carvão, efeito visual bacano, feridas frescas e arrefeceres p’ra fritar

• Droga, muitos sabores de mantêms, mind e manteiga de amendoim p’ra os insaciáveis mosquitos

• Um computador fundamentalmente humano, silêncio q.b., molduras p’ra o silêncio, aproximações as palavras de vários tamanhos.

• Não esquecer dicionário etimológico em branco p’ra possível namorada e velas auto-sabotadoras

 

ENGLISH TRANSLATION

 

Night’s awfully quiet
wind’s departed
mind closer to the stars…
again
the overwhelming noise
in the practice
of being human

 
 

gashô   

2016_september_13____1100262

About m)◘(x

ni! for now
This entry was posted in context, text and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to

  1. Pingback: Acloser☘flower&DeathOnMewrist💀 | ✁ ......... spit straight and love the target

You're on te AIR =)

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s