1 coisa ha mais

 
 

Sou 1 coisa a mais
a olhar pela janela
do peito do prédio que me alberga.

Sou 1 coisa a mais
assim tão fácil,
não me tenho que preocupar
pois já como coisa definido estou;

como coisa, mas não sozinha,
há outras, eu só sou mais uma
no acumulo de coisas
que se geram e se juntam,
que se amam, se ignoram ou desprezam,
que se encontram ou se perdem…

E o saber que sou a mais
dá-me a liberdade efémera
de pensar que poderei também eu partir…
mas partir p’ra onde?
p’ra fazer parte do que?

Se calhar p’ra ser uma coisa a menos
ou quem sabe, ate coisa deixar de ser.

Mas a verdade é que eu não quero
de todo deixar de ser coisa,
porque curto a cenografia que as coisas temos
e os rituais de que fazemos parte
durante a nossa vida na Terra.

Eu gostava sim,
que em recompensa pelo árduo trabalho
que tenho em quanto coisa,
pudesse desfrutar dum estatuto mais digno,
algo assim como vir a ser
A coisa a mais…

Mas se calhar também é demais,
imagino-me a ficar com o peso do olhar reprovador
d’alguma outra coisa invejosa e
lidar com o crescimento insustentável do
e g O
não há nada pior
que uma coisa com ego em demasia.

Em fim,
vendo melhor a coisa,
acho que estou bem assim
sendo simplesmente
1 coisa a mais… a
olhar pela janela.

 
 
 
 
Merci a Su pela verdadeira INSPIRAÇAO ,-)

About m)◘(x

ni! for now
This entry was posted in text and tagged , , , , . Bookmark the permalink.